Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bruxinha do Lar

Só doçuras, porque o que é doce nunca amargou.

Bruxinha do Lar

Só doçuras, porque o que é doce nunca amargou.

Tarte de Amêndoa e Framboesa

Anjo de Mel, 19.07.21

tarte_amêndoa-framboesas.png

Ingredientes:

1 placa de massa quebrada refrigerada;
150g de framboesas (usei frescas);
50g de margarina à temperatura ambiente (amolecida);
50g de açúcar amarelo;
1 ovo grande;
40g de amêndoa moída;
15g de farinha de trigo (sem fermento);
açúcar em pó para decorar (opcional).
 
Preparação:
 
Forrar uma tarteira rectangular de fundo amovível com a massa e picá-la com um garfo e reservá-la no frigorífico.
Numa taça, colocar a margarina, o açúcar, o ovo, a amêndoa e a farinha e bater com a batedeira até obter uma mistura suave e homogénea.
Barrar depois a mistura de amêndoa pela tarteira.
Dispor depois, enterrando ligeiramente, as framboesas e levar a tarte ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos ou até a massa crescer e ficar com um aspecto dourado.
Retirar do forno e deixar arrefecer.
Levar ao frio até ao momento de servir, cortada em fatias.

Nota: receita original aqui.

Tarte de Maçã & Frutos Silvestres

Anjo de Mel, 14.03.21

tarte_maçã-frutos.silvestres.png

Ingredientes:

uma base (redonda) de massa quebrada;

500g de maçã rijas e sumarentas (usei Golden);

300g de mistura de frutos silvestres congelados; 

85g de açúcar demerara;

2 c. (de sopa) de farinha de trigo (sem fermento);

1 c. (de sopa) de flocos finos de aveia;

1 c. (de chá) de canela;

gelado a gosto (opcional).

 

Preparação:

Retirar a massa do frigorífico e forrar uma tarteira de 22cm de diâmetro (de preferência de fundo amovível) com a massa e picá-la com um garfo.

Levá-la depois ao forno previamente aquecido a 170ºC durante 15 minutos para pré-cozinhar.

Entretanto, descascar e descaroçar as maçãs e cortá-las em meias luas finas.

Colocá-las numa taça, juntamente com o açúcar, a farinha, os flocos de aveia e a canela e misturar tudo bem.

Adicionar os frutos vermelhos e mexer tudo uma última vez.

Retirar a tarteira do forno e rechear com a mistura de fruta.

Levar novamente ao forno, mais 20 minutos ou até a maçãs estarem cozinhadas e a tarte parecer ter uma espécie de creme.

Retirar, deixar arrefecer e desenformar para o prato de servir.

Se preferir, servir acompanhada duma bola de gelado do sabor que mais gostar.

Nota: receita original daqui.

Tarte Queijada de Sintra

Margarida, 16.02.20

Ingredientes:

1 base de massa quebrada;
5 gemas;
2 cháv. de açúcar amarelo (cerca de 300g);
2 c. (de chá) de canela em pó;
5 queijinhos frescos esfarelados (cerca de 400g);
1/2 cháv. (mal cheia) de farinha de trigo (sem fermento). 

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Esticar a massa quebrada; fazer uns golpes (cerca de nove) na massa com a base da tarteira (com cerca de 26cm de diâmetro) sobre a massa.
Forrar a tarteira com a massa (e o papel por fora) e sobrepor as tiras de massa umas sobre as outras (retirando o papel antes).
Retirar a massa excedente e reservar.
Juntar todos os ingredientes no liquidificador e bater até obter um creme homogéneo (sem pedaços grandes de queijo).
Juntar a farinha e pulsar só até misturar.
Verter sobre a forma e levar a cozer durante 45 minutos.
Retirar e deixar arrefecer antes de servir. 

Nota: receita visualizada no programa 'Cozinha com Twist' de Filipa Gomes no canal 24 Kitchen.

Tarte de abóbora

Margarida, 31.12.19
E para terminar o ano em beleza, deixo esta receita da tarte que a Amélia Ferreira (Doces Temperos) fez na Praça da Alegria.
Assim que a vi fazer quis logo experimentar e ainda bem que o fiz, pois é uma tarte deliciosa.



Ingredientes:

1 kg de abóbora (cozida de véspera, em 2 l de água com uma pitada de sal e posta a escorrer até ao dia da preparação da tarte)
300 g de açúcar amarelo
150 g de farinha
5 ovos batidos
80 g de manteiga derretida
1 colher de chá de fermento
2 colheres de chá de canela
1 colher de chá de raspa de laranja
1 colher de chá de erva doce (não tinha, não pus)

Preparação:

Misturar a abóbora cozida e escorrida (não é para espremer muito) com o açúcar.
Nesta fase temos duas opções: ou esmagamos simplesmente com um garfo ou trituramos com a varinha mágica, dependendo de gostarmos ou não de sentir os fios da abóbora).

Acrescentar a manteiga derretida e os ovos batidos. Mexer.
Acrescentar depois a farinha peneirada com o fermento, a raspa da laranja, a erva doce e a canela.

Colocar numa forma redonda (não é preciso fundo amovível), barrada e forrada com papel vegetal.
Vai ao forno a 180º por volta de 45 minutos.

Tarte de Noz

Margarida, 22.12.19


Ingredientes:
100g de margarina;
2 chávenas de açúcar amarelo;
2 chávenas de bebida vegetal (de arroz);
1 chávena de farinha de trigo (sem fermento);
3 ovos;
100g de nozes partidas grosseiramente.
Preparação:
 
Untar com margarina e polvilhar com farinha uma tarteira de louça ou pyrex.
Numa taça, juntar o açúcar e a margarina previamente derretida e bater bem.
Adicionar o leite, os ovos e a farinha, mexendo até ficar tudo bem incorporado.
Por fim, juntar as nozes e envolver bem no preparado anterior.
Verter para a tarteira e levar ao forno a 170ºC, cerca de 45 minutos.
Se começar a ficar demasiado tostada, cobrir com uma folha de alumínio.
Retirar e deixar arrefecer completamente antes de servir.
Nota: receita original daqui.

Tarte Crumble de Framboesa

Margarida, 10.11.19




Ingredientes:

100g de açúcar amarelo (ou mascavado);
170g de farinha de trigo (tipo 55, sem fermento);
50g de flocos de aveia grossos;
110g de margarina;
raspa de 1 limão;
1/3 de frasco de doce de framboesa;
framboesas q.b. (opcional; usei congeladas).

Preparação:

Misturar a farinha, os flocos de aveia, o açúcar, a raspa de limão e a margarina derretida.
Mexer com uma colher, de maneira que toda a massa fique humedecida pela margarina e com um aspecto granuloso, mas não ligada nem uniforme.
Num tabuleiro/pírex (previamente untado com margarina), pressionar metade da massa do crumble, compactando-a para forrar completamente o fundo.
Espalhar uma camada de doce de framboesa e dispor algumas framboesas.
Cobrir com o restante crumble de modo que fique solto e levar ao forno pré-aquecido a 170ºC durante cerca de 20 minutos.
Servir ainda morno, acompanhado duma bola de gelado, se desejar.

Nota: receita original aqui.

Tarte de Coco e Cacau

Margarida, 26.05.19






Ingredientes:


1 rolo massa quebrada (de compra);
1 lata de leite condensado magro;
1 lata de bebida de arroz (medida da lata do leite condensado);
5 ovos grandes;
75g de coco ralado;
40g de cacau magro em pó;
50g açúcar de coco;
1 c. (de chá) de Maisena;
coco ralado q.b.

Preparação:


Pré-aquecer o forno a 170ºC.
Forrar uma tarteira (de fundo amovível) com a massa quebrada (com o papel que traz) e picar o fundo da massa com um garfo; reservar.
Numa taça bater o açúcar, o coco, os ovos e o leite condensado. 
Adicionar a Maisena e o cacau previamente dissolvidos num pouco da bebida vegetal (para não ganhar grumos) e, por ultimo, a restante bebida e voltar a bater até ficar tudo bem incorporado.
Verter o preparado na tarteira e levar ao forno a cozer por 35 minutos (não deve ficar demasiado cozida, apenas firme).
Retirar do forno e deixar arrefecer.
Retirar o papel vegetal com cuidado e desenformar para um prato.

Antes de servir, polvilhar com coco ralado a gosto e cortar em fatias.


Nota: receita original daqui.

Tarte de Coco Deliciosa (sem glúten)

Margarida, 03.03.19





Ingredientes:

5 ovos;
120g de coco ralado;
6 c. (de sopa) de farinha de coco;
1 c. (de café) rasa de fermento para bolos;
120g de açúcar de coco;
raspa fina de 1 limão;
1 lata de creme de coco (200ml).


Preparação:

Ligar o forno nos 190ºC.
Untar uma tarteira (de fundo amovível) com um pouco de margarina e reservar.
Bater os ovos com o açúcar de coco e adicionar a raspa do limão.
Juntar a farinha de coco e o fermento e continuar a bater.
Envolver depois o coco ralado e, por último, o creme de coco que deve estar à temperatura ambiente (vai obter uma mistura volumosa).
Verter para dentro da tarteira e levar ao forno por 15 minutos até dourar (fazer o teste do palito; atenção que ela fica húmida por dentro).
Retirar do forno, deixar arrefecer e, se gostar, polvilhar a superfície com coco ralado antes de servir.

Nota: receita original daqui.

Tarte de Amêndoa Crocante

Margarida, 30.12.18


Ingredientes:
 
massa:
300g de farinha fina para bolos (sem fermento);
150g de margarina amolecida;
180g de açucar amarelo;
raspa de 1 limão;
2 ovos;

 
recheio:
200g de amêndoa pelada (usei laminada);
100g de açúcar amarelo;
120g de margarina;
6 c. (de sopa) de bebida de arroz.

Preparação:

Pré-aquecer o forno nos 170ºC.
Num recipiente, misturar a farinha com o açúcar, fazer um buraco no centro e adicionar os ovos e a margarina, misturando os ingredientes rapidamente até obter uma massa maleável, (a fazer lembrar a massa areada; a massa fica um pouco pegajosa, corrija com um pouco de farinha até conseguir moldá-la).  
Formar uma bola; com a ajuda de um rolo da massa esticá-la em forma circular.
Untar a tarteira e transferir a massa para dentro desta com o auxílio do rolo, (enrolando a massa neste, depois desenrolando por cima da tarteira).
Picar o fundo da massa com um garfo e levar ao forno cerca de 15 minutos.
Retirar e reservar.
Entretanto, levar a lume baixo um tachinho com o açúcar, a margarina, as amêndoas e a bebida de arroz, mexendo ocasionalmente, esperando que ganhe um tom dourado e engrosse.
Verter este preparado por cima da tarte, alisando a superfície, e voltar a colocar no forno cerca de 10 minutos (a 170ºC), só para obter um tom dourado uniforme.
Deixar arrefecer e desenformar.
Servir depois de fria.

Nota: receita original daqui.

Tarte de Mirtilos

Margarida, 18.11.18


Ingredientes:

massa:
200g de farinha de trigo (sem fermento);
100g de margarina (à temp. ambiente);
25g de açúcar amarelo;
1 gema;
1 pitada de sal;
2 c. (de sopa) de água;

recheio:
2 c. (de sopa) de amêndoa moída;
450g de mirtilos (congelados);
100ml de natas vegetais;
100g de açúcar amarelo;
2 ovos.

Preparação:

Preparar a massa: deitar a farinha numa tigela, incorporar a margarina amolecida em pedacinhos e amassar.
Formar um buraco no centro da massa e colocar o açúcar, a gema, a pitada de sal e a água.
Misturar tudo e amassar durante 2 ou 3 minutos.
Moldar uma bola e deixar repousar, durante 1 hora, em lugar fresco.
Ligar o forno a 190ºC.
Estender a massa até obter 4mm de espessura e forrar uma tarteira (de fundo amovível) untada.
Picar o fundo com um garfo e cobrir com feijão (ou grão) seco e levar a cozer, sem deixar corar, durante 10 minutos.
Retirar do forno; polvilhar o fundo com a amêndoa moída (para evitar que a massa amoleça ao cozer).
Cobrir com os mirtilos limpos e levar ao forno mais 10 minutos.
Bater as natas com o açúcar e os ovos.
Retirar a tarte do forno e verter o creme por cima, levando novamente ao forno e deixar cozer durante 15 minutos a 170ºC-180ºC.
Polvilhar a tarte com açúcar em pó assim que a retirar do forno.
Deixar arrefecer antes de desenformar e server (fria).

Nota: receita retirada e adaptada do livro 'Sobremesa - Larousse 100% sabor' (pp. 44-45).